out/12

18

A História de Bombril e Carlos moreno, o “garoto Bombril”

Carlos moreno é ator, tem uma formação multidisciplinar: é arquiteto, formado pela FAU – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, com mestrado em Graphic Design na Califórnia, EUA. E também ilustrador, programador visual, figurinista e cenógrafo.

Iniciou sua carreira de ator em São Paulo, como aluno de Naum Alves de Souza, conhecido nos meios teatrais por seu trabalho criativo e de grande efeito visual. Participou da formação do Pod Minoga, grupo de teatro experimental, onde teve oportunidade de desenvolver seu talento. Em 1971, o grupo se profissionalizou e criou a comédia musical Folias Bíblicas, um marco em sua carreira.

Oscar Caporalli, sócio de Andrés Bukowinski na produtora de comerciais ABA Produções Cinematográficas, assistiu a esse espetáculo. Impressionado com o ator, percebeu que havia encontrado em Carlos Moreno o tipo perfeito para o personagem que a agência DPZ, de Washington Oliveto,  procurava para a Bombril.

Na mesma noite agendou com Moreno o teste na produtora. Entre 40 concorrentes, Carlos Moreno foi o vencedor; dando inicio àquela que seria a mais longa carreira de um ator da publicidade brasileira.

Entrou para o Guinness como a campanha que ficou mais tempo no ar em toda a história da propaganda mundial.

Em 2004, ao fim do seu contrato com a Bombril, Carlos Moreno tinha 337 comerciais gravados com a empresa.

Depois deixar a Bombril em 2004, trabalhou ainda como garoto-propaganda da Fininvest. Devido a perda de mercado no segmento de palhas de aço para a concorrente Assolan, em 2007 Carlos Moreno voltou a aparecer nos comerciais da Bombril com um novo contrato por tempo indeterminado. Até abril de 2007, Carlos Moreno participou de mais 7 comerciais da marca, totalizando 344 inserções como “Garoto Bombril”.

Confira alguns desses anúncios.

Teste de Carlos Moreno

Comercial do Bril – Finalizado, primeiro anúncio com o Garoto Bombril

Comercial comparativo do Mon Bijou e confort, ao melhor estilo Pepsi X Coca Cola.

Obviamente o Confort não gostou da “brincadeira” e acionou o CONAR que retirou a propaganda do ar, então a Bombril respondeu com essa:

Em uma jogada publicitária espetacular, depois do personagem já consolidado no mercado, a Bombril veicula um comercial em que Carlos Moreno aparece muito triste, falando que tinha sido demitido, que não tinha feito a propaganda direito e que o jeitinho “meio assim” dele não pegava muito bem e se despede.

Após isso, é veiculados outro anúncio com o novo “Garotos Bombril”.

Os filmes trazem a revolta das donas de casa, que escrevem milhares de cartas a sede da Bombril (de verdade) exigindo a volta de Carlos Moreno. E então esse comercial é veiculado fechando uma campanha Vencedora de um Leão de Ouro em Cannes.

Agora outras propagandas com o garoto Bombril.

Anúncio na época do lançamento do Plano Real.

 

Bombril Signos – Campanha muito inteligente que foca o público alvo. Coloquei o de libra, mas tem de todos.

 

Propaganda da época de lançamento da Assolan, que entrava no mercado com a campanha “Fenômeno”

 

O Adeus “Definitivo” em 2004

 

A volta em 2007 depois do crescimento de mercado da concorrente Assolan. 

 

Depois disso já foram uma serie de comercias que aumentaram ainda mais o recorde de maior garoto propaganda. segue o último comercial em que ele aparece, neste ano, após um hiato de 2 anos (ele apareceu pela última vez no video presidenciáveis, acima, em 2010).

Carlos Moreno continua sendo e sempre será o eterno “Garoto Bombril” e esperamos ansiosamente pelas cenas dos próximos capítulos.

Espero que tenham gostado.

Até a próxima e tudo de bom pra você.

· · · · · · · · · · · · · · ·

Links Interessantes

Comente via Facebook

<<

>>

Blog desenvolvido por
Leia! Publicidade